“The F**k it List”: 5 motivos que provam que você PRECISA ver esse filme já!

The F*ck It List é outro filme sobre a crise da meia-idade que está na Netflix – só que tudo isso acontecendo no auge do ensino médio. Dirigido por Michael Duggan e estrelado por Eli Brown, Madison Iseman, Jerry O’Connell e Natalie Zea, a gente te mostra agora o porquê de você ir pra frente da plataforma de streaming agora assistir a esse longa. Se liga:

Leia também:

O protagonista é gato e super inteligente

Quem diz que cérebro e beleza não andam juntos é porque não conhece o Brett, protagonista do filme. O geniozinho passou nas melhores universidades dos EUA, viu!? Você já imagina aquele esteriótipo nerd de óculos, né? SÓ QUE NÃO! Prepare-se para se apaixonar pelo seu senso de humor e seus cabelos encaracolados.

Tem romance, siiiim!

Fala sério, não é um sucesso adolescente sem um bom romance, né? The F**k it list tem também aquele clichezão que a gente ama tanto: garoto tímido gosta da menina desde a infância e, quando cresce, descobre que ela também tem um “crush” nele. Mas a pergunta é: será que eles vão ficar juntos mesmo? Vou me segurar para não dar spoilers, vai lá conferir!

Ele é gente como a gente

The F**k it list tem muitas qualidades, mas o que faz dele um filme tão importante é o simples fato da gente se identificar com ele. Você já se sentiu pressionado em relação ao futuro? Já fez algo que não queria para agradar seus pais ou alguém importante? Já deixou de fazer o que realmente queria por medo? Bom, Brett também, até que ele decidiu mudar isso.

O poder das redes sociais

A gente já sabe que postar algum conteúdo na internet pode tomar proporções imensas, tanto para o lado positivo quanto para o negativo. O filme nos traz um lembrete de que é importante tomar cuidado com nossa exposição nas redes sociais, mas também mostra que alguns males vem para o bem. Quando menos esperamos, aparecem oportunidades que podem mudar nossa vida. Só não podemos ter medo de agarrá-las. Combinado?

F**k it

Não podíamos esquecer da mensagem mais importante que o filme traz: às vezes temos que dizer: f*da-se. Por mais extremo que pareça, temos que parar de viver para corresponder às expectativas alheias, sejam as dos nossos pais, professores, amigos, ou até da sociedade em si. Pense um pouco nas suas expectativas, nas suas vontades. Mesmo que elas pareçam impossíveis ou que elas decepcionam pessoas ao seu redor. Diga f*da-se e corra atrás do que te faz bem.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close