Taylor Swift está sendo processada por conta do nome do álbum “Evermore”

Eita! O último disco de Taylor Swift, Evermore, está rendendo um processo para a cantora. Um parque temático americano chamado Evermore afirma que o disco infringiu sua marca registrada ao usar o mesmo nome.

Leia também:

Segundo os proprietários do parque, o lançamento do álbum de Tay causou uma confusão sobre uma possível ligação entre o empreendimento e a cantora. A empresa alega que houve uma “saída dramática dos níveis típicos” de tráfego em seu site na semana após o lançamento do disco.

Os advogados de Taylor se pronunciaram dizendo que “não há base” para a reclamação. “Além disso, seu cliente não sofreu nenhum dano e, de fato, declarou abertamente que o lançamento do álbum da Sra. Swift cria uma ‘oportunidade de marketing’ para o problemático parque temático de seu cliente”, dizia uma carta escrita pela equipe judicial de Taylor e apresentada ao tribunal.

Os proprietários do parque temático, que, inclusive, buscam milhões de dólares em danos, alegam que a marca registrada de Evermore pertence a eles. Segundo eles, Tay violou a lei ao vender mercadorias relacionadas ao álbum.

Evermore foi lançado em dezembro de 2020 e foi o segundo álbum surpresa de Taylor em 2020, após Folklore, lançado em julho.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close