Talita Younan sobre gravidez na pandemia: “se aconteceu nesse momento é porque era pra ser”

No meio da quarentena, o destino reservou uma das maiores surpresas da vida de Talita Younan: a atriz descobriu que estava grávida de sua primeira filha, fruto de seu relacionamento de quase um ano com o diretor João Gomez. Passado o susto, ela, que atualmente está no ar na reprise de Malhação: Viva a Diferença e há atuou em O Tempo Não Para e Os Dez Mandamentos, da Record TV, já está mais do que preparada para viver na vida real o papel mais desafiador de seus 28 anos: o de ser mãe.

A descoberta da gravidez

Ela conta que, como estava afastada da família durante o período de quarentena – Talita ficou isolada na casa de João -, teve que pensar em maneiras inovadoras para dar a notícia para os parentes. A solução foi enviar um bolo para seus pais e avós e dar a notícia através de uma chamada de vídeo.

“Já estávamos cumprindo a quarentena de uma forma muito rigorosa e saindo de casa só para o necessário mesmo”, conta ela ao DOMÍNIO POP. “Depois que descobrimos a gravidez ficamos ainda mais rigorosos e cuidadosos. Precisamos cuidar de nós, da neném, das pessoas que a gente ama, família e quem a gente não conhece também, né? Foi um momento de muito amor ao próximo e aos nossos.”

Que ela vai passar ensinamentos e valores essenciais para sua filha, isso não temos dúvidas. Em um bate-papo leve e sincero sobre maternidade e vida na pandemia, Talita, a nossa capa de outubro, se abre sobre o futuro e as inseguranças que rolaram no início da gestação. Leia a nossa entrevista na íntegra:

Foto: Guto Costa

DOMÍNIO: Como foi descobrir a gravidez no meio da quarentena?
Talita Younan: Primeiro momento? Desesperador! Ahhahah! Tudo quando não é planejado assusta, dá inseguranças, medos, um misto de sentimentos. Agora imagina isso tudo em meio a um momento que nunca vivemos na vida? Ficamos com o dobro de medos e eu não conseguia parar de pensar nisso nem por um segundo em duas semanas. Depois relaxamos. Acreditamos muito que se aconteceu nesse momento é porque era pra ser. É uma criança que está nascendo e foi gerada em um momento muito delicado, ela vai ser especial com certeza!

Você chegou a ficar tensa por ter uma gravidez no meio da pandemia?
Com certeza. Os cuidados ficaram redobrados. Já estávamos cumprindo a quarentena de uma forma muito rigorosa e saindo de casa só para o necessário mesmo. Depois que descobrimos a gravidez ficamos ainda mais rigorosos e cuidadosos. Precisamos cuidar de nós, da neném, das pessoas que a gente ama, família e quem a gente não conhece também, né? Foi um momento de muito amor ao próximo e aos nossos.

Você já estava planejando? Como foi a reação e do seu namorado?
Zero! Falávamos em ter filhos daqui um ano e meio, dois anos. Eu tomava anticoncepcional e foi uma surpresa muito grande quando descobri. Minha menstruação atrasou e eu nem cogitei que fosse isso no início. Eu e o João até brincávamos um com outro: ahhhh, to grávida. E segundos depois caía na risada porque era uma realidade muito distante e que nem passava pela minha cabeça agora. Quando eu fiz o teste e vi o positivo dei um grito. João veio na hora e repetimos o teste: positivo de novo. Ficamos passados! Em choque. Sem saber o que fazer. Depois as coisas foram se acalmando e conseguimos pensar melhor e programar tudo, mas o início foi tipo: SOCORRO O QUE EU FAÇO?

Leia também:

Foto: Guto Costa

Pra você, o que a chegada da sua filha mais vai mudar na sua visão de mundo?
Já mudou tudo e sei que vai mudar todos os próximos dias da minha vida. Quero ser um exemplo de amor e compaixão pra ela. Quero que ela se inspire em quem eu sou, o pai dela é e nossa família. Na nossa verdade e princípios. Quero ser cada vez mais gentil, educada, respeitosa, amar o próximo, humilde, amável para que ela aprenda na prática como crescer e ser. Desejo um mundo com mais olho no olho e palavras sinceras, menos ódio e mais cuidado com as palavras que dizemos, atos errados e precipitados que temos. Resumindo: que ela aprenda tudo no amor e que saiba que ele resolve tudo.

Você sempre teve o sonho de ser mãe?
Sempre! Eu trabalhei com crianças muito anos quando era adolescente. Dava aula de teatro pra elas. Sempre tive jeitinho com criança. Eu amo! Era um sonho sim!

Teve algum momento muito emocionante na gravidez? Tipo ouvir o coração, descobrir o sexo… 
Existem vários momentos emocionantes. Tive um sonho com ela e acordei chorando de felicidade. Descobrir o sexo foi bem especial também. João já sabia, eu não. Ele já tem dois meninos – João Gabriel e Antônio, frutos de seu antigo relacionamento com Regiane Alves -, então foi muito legal vir uma menina, a gente curtiu muito! Teve um ultrassom que conseguimos ver o rostinho dela muito perfeitinho e nesse dia que agradeci muito a Deus por ele ser tão maravilhoso e incrível e permitir que as mulheres gerem uma vida no seu próprio corpo. Quando ela começou a mexer foi bem louco e, uau, melhor sensação. Posso ficar dias aqui falando? Rs

Muita gente fala que já se sente mãe antes mesmo do bebê nascer. Está sendo assim com você?
Está! Achava meio papo de mãe isso, mas não… Seus hábitos já começam a mudar, abrimos mão de várias coisas para que o neném fique saudável e cresça forte dentro da barriga. gu; Ficamos mais fortes e queremos ser pessoas melhores todos os dias para ela, é realmente impressionante.

E os efeitos como enjoo, por exemplo? Tem sentido muito?
Nadinha. Graças a Deus eu não tive enjoo até agora durante a gestação. Estou levando uma vida normal. Não tive azia e nem dores ainda. Semana passada com 24 semanas, tive uma câimbra muito ruim na perna que ficou dolorida por 4 dias. Foi péssimo, mas passou. Agora estou começando a sentir um pouco de dor dos pés por conta do peso da barriga, mas também nada que incomode muito. É só sentar um pouquinho e descansar.

Foto: Guto Costa

Quais ensinamentos aprendidos na vida você vai fazer questão de passar para sua filha?
Com certeza somos seres em evolução e eu aprendo todos os dias ouvindo, praticando, lendo, falando… Sei que ela vai me ensinar muito também, mas algumas coisinhas que eu quero passar pra ela é: que tudo acontece no tempo certo, que é o tempo de Deus. Que devemos amar o próximo como a nós mesmos. Que devemos ser honestos e verdadeiros em qualquer circunstância. Que família é nosso bem mais precioso e as relações que conquistamos na vida também. Estudar sempre. Dedicar tempo aos amigos é importante. Não agir por impulsividade. Poxa, poderia listar tantas coisas, tantos princípios que eu prezo, sabe? Minha mãe é uma grande mulher! De muita honra e caráter e se eu conseguir ser 10% do que ela foi e é pra mim, já estarei muito feliz!

Como foi a escolha do nome?
Isabel foi o primeiro nome que o João disse e de cara eu já me apaixonei. Pensamos em algumas outras opções mas sempre que chegava para disputar com Isabel, Isabel ganhava! O significado desse nome também é lindo: “aquela que cumpre promessas!”

Sobre sua carreira, como você vai fazer para conciliar a maternidade com novos projetos?
Ainda não penso muito nisso. Tive que sair da novela que estava gravando por segurança, por ser do grupo de risco e ter muitas cenas de ação e contato físico. Tinha mais dois projetos encaminhados que tiveram que ser cancelados também, mas agora é curtir a filhota e o momento. Já estou com saudades de atuar, mas também sei que se eu apressar os passos, vou ficar com saudade de curtir esse momento também, então é isso: curtir agora e depois carregar a Belzinha para os sets de gravação. Rs

Atualmente você está no ar em “Malhação”. Quais características você mais tem em comum com a K1?
K1 é despojada, é alegre, acho que essas são as únicas características que temos em comum. Estou amando rever essa personagem que me permitiu andar por tantas facetas minhas como atriz, me ensinou tanto e ensinou tanto o público também, com assuntos importantes e relevantes para a sociedade. Foi um projeto marcante demais.

Pra finalizar, qual dica você daria para outras mamães grávidas em quarentena?
Se cuidem, se amem, se curtam. É difícil as vezes abstrair desse momento que estamos vivendo, mas tenho certeza que tem uma razão linda para estarmos grávidas nesse período. Tentem aproveitar ao máximo esses 9 meses com as pessoas que vocês amam, mesmo que on-line, mesmo que a distância, não deixem de viver essa mágica que é estar grávida, porque não volta mais (ouço isso todos os dias). Façam caminhada! Se alimentem bem! Leiam livros divertidos e notícias boas também. Cuidem do seu corpo e mente. Façam alongamento, yoga, fisio, dança, tem lives incríveis para fazer em casa! Aproveitem o tempo livre para ligar para os amigos. Usem álcool gel! Protejam os seus e principalmente o seu, ou sua que está aí dentro.

Fotos: Guto Costa
Stylist: Paulo Zelenka
Beleza: Alline Oliver

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close