Skincare para iniciantes: como começar a cuidar da pele?

Reservar um tempo para cuidar de nós mesmxs não deve mais ser considerado um luxo. Pelo contrário: por muitas razões, é uma necessidade – além de muito prazerosas, rotinas de autocuidado são essenciais para criamos uma conexão com nosso eu interior, viu!?

Leia também:

Os cuidados com a pele são uma parte muito importante dessa rotina, porém, pela quantidade avassaladora de produtos que existem no mercado, o hábito pode acabar sendo desgastante. Afinal, que produto devo usar? Qual é a ordem ideal de aplicação? Posso deixar de usar protetor solar em dias nublados? Qual é o primeiro passo para iniciantes?

Fomos atrás de alguns profissionais que contaram alguns segredinhos que você precisa saber antes de começar a cuidar da pele e ouvimos uma fala em comum entre todos eles: mesmo com pouco tempo, não se pode negligenciar a rotina diária com os cuidados com a pele. Veja o porquê:

A importância dos cuidados

“Os cuidados diários da pele do rosto são essenciais, mesmo para os mais jovens e aqueles que apresentam uma pele com textura aveludada e livres de imperfeições”, conta a dermatologista Joana Darc Diniz. “Mesmo com pouco tempo, não se pode negligenciar a rotina diária com os cuidados com a pele, para manter o tecido cutâneo saudável e livre de impurezas.”

A profissional ainda destaca a importância da limpeza diária com sabonete específico para o seu tipo de pele e protetor solar. “Alguns filtros solares possuem hidratantes ou substâncias antioxidantes associados, para hidratação e prevenção do fotoenvelhecimento. Além disso, existem hoje no mercado  os produtos fotoimunoprotetores, ou seja, são formulados com protetores solares associados a substâncias que ajudam a estimular o sistema imunológico, de defesa da pele, na prevenção ao câncer de pele”, alerta Joana.

Contudo, Joana deixa claro que devemos tomar cuidado com excessos na hora de aplicação dos produtos. “A pele precisa estar preparada para receber e absorver os nutrientes, com os produtos aplicados. E necessita de tempo. Por isso, a sobrecarga de produtos não aumenta a absorção, apenas acumula camada de produtos, o que causa obstrução. 

Foto: Canva

Só tenho 5 minutos. E agora?

É possível manter uma rotina mara de skincare dedicando apenas 5 minutinhos, viu!? A Dra. Lorice Issa Miguel, fisoterapeuta dermato funcional da clínica Lorice Estetic de São Paulo, conta que alguns passos são essenciais ao acordar e ao dormir – e a aplicação dos produtos não leva mais do que 5 minutos. Anota aí:

  • Limpeza diária (escolha correta do seu sabonete facial): para limpar a pele escolha um sabonete líquido preferencialmente neutro se sua pele for seca e sensível – em peles maduras, prefira os glicerinados, e em peles normais a oleosas, os sabonetes bem desengordurantes, com acido salicílico e ácidos glicólicos e/ou  melaleuca nas suas formulações. “Prefira usar o gel de limpeza em algodões faciais, buchas faciais suaves (porém esta deve ser de uso único e até mesmo descartada em seguida)”, alerta a doutora.
  • Aplicação de uma loção tônica (peles normais a secas) ou adstringente (pele oleosa)
  • Uso de hidratantes e antioxidantes: para peles secas, escolha hidratantes e umectantes com vitamina C, vitamina E, uréia, semente de uva, entre outros. Para peles oleosas, prefira substâncias que controlem o excesso de oleosidade, bem como os hidratantes, antioxidantes na forma de serum (soro) e em géis. 
  • Capriche na proteção com filtro solar: antes de aplicar o seu filtro solar, espere secar o ativo escolhido no passo 3 de um a dois minutos. Feito isso, aplique um filtro solar com fator de proteção mínima 30 – hoje em dia existem filtros solares que englobam hidratantes e antioxidantes, antipoluentes, ou seja ele previne o envelhecimento da pele, ou substâncias que controlam a oleosidade, agrupando tudo em um passo só.
  • Aplicação noturna de substâncias que regeneram a pele – não esqueça novamente da boa limpeza com o sabonete escolhido. Na sequência, use cremes com “fatores de crescimento” e tensores com rafermine, tensine, DMAE e cremes mais densos para a área dos olhos e lábios. Se necessário use ácidos caso já esteja com rugas finas ou com manchas.
Retha Ferguson

A importância de um dermatologista

Para manter a rotina de cuidados com a pele – limpar, hidratar e proteger) é fundamental ter acompanhamento de um profissional qualificado para a indicação correta de produtos para cada tipo de pele. “Muitas vezes encontramos mais de uma alteração na pele, havendo a necessidade de prescrevermos mais de uma substância na mesma formulação. É muito comum encontrarmos acne ativa e manchas, ou rugas e manchas, pele desidratada e com manchas, lesões pré-malignas”, conta Joana Dark Diniz.

É importante observar se alguma alteração acontece na pele, seja surgimento de sinais ou manchas (que não existiam), aumento de lesões já existentes ou mudança de coloração. Caso ocorra, procure um especialista para a devida orientação.

A importância da rotina noturna

Regra essencial dos cuidados com a pele: nunca durma de maquiagem. “É prejudicial em vários aspectos, pois além de obstruir os poros, causa envelhecimento precoce aumentando a vulnerabilidade da pele aos radicais livres, responsáveis por acelerar a perda de colágeno”, conta Joana.

Também não deixe de fazer a higiene adequada do rosto, independente de ter saído de casa ou não, pois a pele absorve impurezas e poluição mesmo sem ter saído na rua.

Depois da higienização, aplique o hidratante que esteja de acordo com seu tipo de pele. O período do sono é longo o suficiente para melhor absorção dos nutrientes que oferecemos à pele. Além disso, dependendo da idade, você poderá fazer ainda uso de cosméticos ou cosmecêuticos de prevenção. “Saiba que prevenir é sempre melhor que tratar. Lembre-se também que o sono é fundamental para regenerar e reparar a pele, logo durma ao menos 8 horas por dia”, alerta a profissional.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close