Riachuelo suspende diretor após denúncias de racismo

A Riachuelo anunciou nesta quinta, 11, que cortou contrato com o publicitário Ralph Choate, dono da agência Big Man e responsável por diversas campanhas publicitárias da rede de fast fashion. A suspensão aconteceu após denúncias de racismo contra Choate surgirem nas redes sociais.

Leia também:

O diretor era responsável pelas campanhas de TV da Riachuelo desde 2009. Antes disso, ele havia trabalhado na C&A e foi quem descobriu o Sebastian, famoso rosto da marca nos anos 2000.

Segundo a revista Veja, que entrevistou dois funcionários da empresa, Choate chamava as pessoas de “gorda”, “viado” e “preta” de forma pejorativa, além de impedir que modelos negros aparecessem nos comerciais pois achava que as campanhas não deveriam ter “gente com cara de pobre, pois a consumidora não gosta de se ver na TV”. 

Em nota, a Riachuelo disse que abriu uma investigação interna para apurar as denúncias de racismo. “A empresa esclarece que este comportamento não representa os valores da Riachuelo, que tem como princípio central o respeito de forma igualitária, valorizando a diversidade, inclusão e a representatividade entre seus funcionários, em suas campanhas e outras iniciativas.”

Em carta enviada à Veja, Choate disse que “ao longo de 40 anos de profissão, tendo participado de inúmeras reuniões para discutir o elenco de variadas produções, e diante da acusação que me fazem, é possível que, mesmo sem intenção, eu tenha ofendido alguém com minhas palavras. Se o fiz, com a mais profunda sinceridade, peço desculpas e posso garantir que redobrarei minha atenção para que isso jamais se repita.”

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close