Queda de audiência da série “Loki”, do Disney Plus, seria um caso de LGBTfobia?

Quem está acompanhando a série Loki, do Disney Plus, viu que o personagem assumiu a sua bissexualidade – de uma maneira muito natural, assim como deve ser. A cena mostrou como a Marvel pode – e deve – mostrar personagens LGBTQ+ em suas séries e filmes.

Leia também:

E por que isso é tao importante? Existem milhões de pessoas legitimamente bissexuais, e a visibilidade em séries tão populares é essencial. A representação é importante. Se um jovem bi se vê na tela, isso o deixará mais confortável consigo mesmo.

Porém, o que se viu do público em geral foi bem diferente do que uma aceitação. Ao contrário do que aconteceu com outras histórias do streaming, como WandaVision e Falcão e o Soldado Invernal, a audiência de Loki caiu muito depois que o personagem revelou fazer parte da comunidade LGBTQ+. Seria esse um caso de LGBTfobia?

É importante ressaltar que foi uma atitude importante da Disney falar sobre a orientação sexual do personagem, um dos principais do universo da Marvel, de maneira tão natural. Porém, para que casos eventuais de preconceito se tornem cada vez mais raros, precisamos ver o assunto ser amplamente discutido de agora em diante, não apenas em uma breve passagem.

Se a queda na audiência foi ou não preconceito, nós não saberemos, até porque a série pode não ter agradado por outros motivos. Mas para se evitar que suspeitas como essa aconteçam, é necessário que o debate seja ampliado. Só assim levaremos informação e representatividade ao maior número de pessoas possível.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close