Mauree Turner é a primeira pessoa não binária a ser eleita para a Câmara Estadual nos EUA

Uma vitória histórica para a Câmara Estadual dos Estados Unidos. A assembleia legislativa do Oklahoma elegeu o seu primeiro representante não binário, Mauree Turner. Além do fato, é a primeira pessoa muçulmana a servir na legislatura do estado.

Leia também:

Turner é ativista da reforma da justiça criminal e foi ajudadx pela organização Run for Something, que ajudou centenas de diversos millennials e jovens da geração z a concorrerem a cargos locais.⁠

“Terapia de conversão e a impossibilidade de estudantes trans praticarem o esporte que gostariam… Esse é o tipo de coisa que estamos combatendo”, declarou Turner.

LGBTQs nas eleições americanas

Mauree não é a única representante da comunidade LGBTQ nas eleições americanas. O momento histórico também elegeu Sarah McBride, a primeira mulher transgênero a se tornar senadora nos Estados Unidos.

Em Nova York, Ritchie Torres, vereador democrata, se tornou o primeiro membro afro-latino assumidamente gay do Congresso.

Mondaire Jones, um advogado negro de 33 anos, também foi eleito e representará o estado de Nova York na Câmara dos Representantes. “Sinto-me humilde pela confiança que os eleitores de Westchester e Rockland depositaram em mim e grato pela oportunidade de servir à comunidade que me criou”, escreveu ele no Twitter.

Outras centenas de candidatos LGBTQs também vão representar a comunidade na política dos EUA – pelo menos 35 do recorde de 574 candidatos LGBTQs venceram no país.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close