Marília Mendonça se desculpa após piada transfóbica: “fui errada”

No último fim de semana, a cantora Marília Mendonça fez uma piada de cunho transfóbico durante uma live transmitida em seu canal no YouTube. Em uma cena, ela lembra de uma boate LGBTQ chamada Diesel, em Goiânia. Imediatamente a sua banda já cai na risada.

Leia também:

A partir daí, a artista iniciou uma piada sem graça alguma com um dos integrantes de sua equipe. “Ele disse que já foi o lugar que ele beijou a mulher mais bonita da vida dele. É só isso, o contexto vocês não vão saber”, disse ela enquanto gargalhava.

Veja no vídeo:

Bruna Andrade, influencer que é trans, gravou um vídeo em que explicava a gravidade da situação. “Foi muito duro ver a minha musa falar que qualquer cara que demonstra afeto por mim é chacota”, desabafou Bru. “Ou seja, eu sou a chacota? Eu não sou digna de ser amada? Eu não sou digna de ter um relacionamento? Além do constrangimento e de trazer um mal estar pessoal, isso tem um desdobramento muito pior porque isso gera violência, assassinato.”

Pedido de desculpas

Nesta segunda, 10, após uma enxurrada de críticas nas redes sociais, Marília se pronunciou sobre o acontecido e pediu desculpas. “Pessoal, aceito que fui errada e que preciso melhorar. Mil perdões. de todo o coração. Aprenderei com meus erros. Não me justificarei”, disse ela.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close