Mais de 70% das pessoas da geração Z nunca cancelaram ninguém na internet

A cultura do cancelamento já deu as caras muitas vezes em 2020 e fez muitos influencers e artistas repensarem o posicionamento em suas carreiras. A prática consiste em campanhas que ganham força nas redes sociais conforme usuários chamam atenção para atitudes e comentários que consideram erradas e denunciam a pessoa responsável para que seja punida e responsabilizada de alguma forma.

Leia também:

Porém, uma grande parcela dos usuários do ambiente digital não concorda com essa prática. A plataforma social Yubo fez uma pesquisa com 6 mil jovens da geração Z e constatou que 72% deles nunca cancelaram ninguém nas redes sociais.

Ao mesmo tempo, apesar de não concordarem com a cultura do cancelamento, 57% considerariam cancelar alguém que repetidamente teve atitudes erradas e preconceituosas. Cerca de 65% dos entrevistados acreditam que uma campanha e movimentação na internet é a forma mais eficaz de responsabilizar alguém e exigir mudanças concretas. 

“A cultura do cancelamento tem crescido online e é algo que impacta diretamente a experiência dos jovens nas redes sociais. É importante entender os receios e oferecer espaços seguros em que seja possível uma socialização sem medo, mas que ao mesmo tempo exija responsabilização por parte daqueles que tenham comportamentos preconceituosos”, diz Sacha Lazimi, cofundador e CEO do aplicativo com sede na França. 

E aí, conta pra gente: você já cancelou alguém? O que acha dessa cultura?

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close