Luisa Sonza rebate acusações de racismo: “jamais teria esse tipo de atitude”

Luisa Sonza está sendo processada após ter sido, supostamente, racista em uma pousada em Fernando de Noronha. De acordo com os dados do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, uma mulher chamada Isabel Macedo de Jesus abriu uma ação de dano moral contra a cantora.

Leia também:

Segundo Isabel, quando estava passando férias no arquipélago ela foi maltrada por Sonza, que a pediu para lhe trazer um copo de água. De acordo com ela, “tal fato se deve aos seus traços raciais, razão pela qual registrou ocorrência junto à delegacia de polícia local, que não deu crédito a seu relato. Assim, requer indenização por dano moral e retratação pública por parte dos requeridos.”

Em seu Twitter, Luisa negou todas as acusações. “Gente, tudo isso é mentira! Não acreditem nisso! Eu jamais teria esse tipo de atitude. Vocês me conhecem bem, sabem qual é meu caráter, minha índole. Eu jamais ofenderia outra pessoa por conta da cor de sua pele. Jamais! Essa acusação é absurda. Minha equipe já está tomando todas as providências jurídicas quanto ao caso”, disse ela.

A assessoria de imprensa da cantora divulgou que “causa estranheza as acusações de racismo, pois até a presente data a artista não recebeu qualquer notificação das autoridades policiais sobre a suposta investigação. Todas as medidas administrativas e judiciais serão adotados para proteger a honra e a intimidade da artista.”

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close