Ludmilla revela que sofreu racismo em voo de primeira classe de avião

Durante sua participação no programa Altas Horas do último sábado, 14, Ludmilla relembrou um episódio em que sofreu racismo em um voo para a Itália. Segundo a cantora, o seu acento era da primeira classe, mas uma passageira do lado não quis permanecer do lado dela.

Leia também:

“Tinha uma senhora branca sentada, ela virou e falou: ‘Tem certeza que o seu lugar é aqui?’. Na inocência, olhei de novo [o cartão de embarque] e disse que sim. Ela fez, ‘ahhh’, levantou e foi em direção ao comissário. Não acredito que ela está fazendo isso. Está incomodada por que eu vou sentar aqui?”, revelou ela.

“Se está incomodada, ela vai ter que se mudar. Ela não foi do meu lado no voo e mudou de lugar. Não aceitou que uma preta tem a mesma condição dela de ir na primeira classe. Ela que precisa mudar e sair da sociedade por não aceitar esse tipo de coisa.”

A cantora Alcione, que também participava do papo, também relembrou um episódio de preconceito racial em sua carreira. “Fui dar uma canja, eu não era muito conhecida, e o clube disse que eu e o guitarrista não poderíamos entrar porque nós éramos negros. Sempre achei que passaria por cima disso igual a um trator, e passei.”

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close