Kanye West diz que Kim Kardashian está tentando interná-lo em clínica psiquiátrica

No domingo, 19, Kanye West participou de seu primeiro comício como político nos Estados Unidos e criticou o aborto, dizendo que ele e Kim Kardashian cogitaram “tomar uma pílula para interromper a gravidez”. Na segunda, 20, em uma série de tuítes, o rapper voltou a falar sobre a esposa e afirmou que ela está tentando interná-lo em uma clínica psiquiátrica.

Leia também:

“Kim estava tentando viajar para Wyoming com um médico para me internar como no filme Corra!, só porque eu chorei para salvar a vida das minhas filhas ontem”, disse ele. “Todo mundo sabe que o filme Corra! é sobre mim. Se eu ficar preso que nem [o ex-presidente africano Nelson] Mandela, vocês todos vão entender o porquê.”

Segundo o TMZ, Kanye ainda postou um print de uma conversa com Kim e Kris Jenner, mãe da empresária, pedindo para que as duas parassem de ignorá-lo. De acordo com o site, o artista está no meio de um colapso mental e as pessoas próximas estão tentando ajudá-lo.

Declarações sobre aborto

No comício realizado no domingo, 19, West chorou abertamente ao falar sobre aborto. Segundo ele, Kim Kardashian quase abortou a primeira filha do casal, North West, a pedido dele. O artista ainda revelou que seu pai havia pedido para sua mãe interromper sua gravidez.

“Minha mãe salvou minha vida. Não haveria Kanye West, porque meu pai estava muito ocupado”, disse ele. “Eu quase matei minha filha! Eu quase matei minha filha!”

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close