Governo brasileiro anuncia parceria que prevê a produção de vacina contra a covid-19

Foto: Unsplash

O governo brasileiro anunciou neste sábado, 27, uma parceria com o Reino Unido para a produção de milhões de vacinas contra a covid-19. Trata-se de uma versão produzida pela Universidade de Oxford com a farmacêutica AstraZeneca e que já está em fase avançada de testes.

Leia também:

Na fase inicial, dois lotes de insumo e transferência de tecnologia serão disponibilizados ao Brasil: um em dezembro de 2020 e outro em janeiro de 2021. Membros do governo afirmam que a vacina ainda não é considerada 100% eficaz, mas asseguram que o país participará de seu desenvolvimento. Se demonstrada eficácia, 100 milhões de doses serão disponibilizadas aos brasileiros.

Segundo o secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Arnaldo Correia de Medeiros, idosos, profissionais de saúde e pessoas do grupo de risco teriam a prioridade nessa primeira leva da vacina. “Tendo a eficácia comprovada e garantida da vacina, assim como a segurança, iremos priorizar a população mais vulnerável a essa doença”, declarou ele na coletiva deste sábado.

Ainda de acordo com ele, a distribuição da vacina será “muito rápida” assim que as primeiras 30 milhões de doses chegarem ao Brasil. “Esse país tem uma larga experiencia em vacinação. Nós temos o SUS (Sistema Único de Saúde). A distribuição é questão de semanas”, adiantou.

A vacina de Oxford é a que está em estágio mais avançado no mundo e tem apresentado uma resposta imunológica muito eficiente.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close