Giovanna Rispoli interpretou deficiente auditiva na TV: “me fez evoluir como ser humano”

Em 2020, Giovanna Rispoli brilhou em duas tramas na TV Globo: ela interpretou a deficiente auditiva Milena em Malhação: Toda Forma de Amar, que acabou em março, e atualmente é uma das estrelas da reprise de Totalmente Demais, em que vive a rebelde Jojô, filha do personagem de Fábio Assunção.

Leia também:

Aos 18 anos, Gi já é uma das grandes representantes da nova leva de estrelas que está surgindo na TV. Um rosto que representa a geração Z de diversas formas: pelo seu talento inquestionável e currículo repleto – além das tramas da Globo, Gi também atuou em O Mecanismo, da Netflix.

Em 2014, ela teve o primeiro reconhecimento por seus trabalhos na TV e no cinema. Ganhou dois prêmios como melhor atriz mirim de TV por seu papel em Boogie Oggie, e como melhor Atriz Coadjuvante no VII Festival de Cinema da Lapa, com o filme O Menino no Espelho.

Rispoli também estava na segunda temporada da premiada série Carcereiros, no papel de Lívia, filha de Adriano (Rodrigo Lombardi), que também virou filme e estreou em novembro do ano passado. Ufa!

Capa da nossa edição especial focada na geração Z, Giovanna bateu um papo com o DOMÍNIO POP. Leia abaixo:

DOMÍNIO POP: Como aconteceu o começo da sua carreira na TV? 
Giovanna Rispoli: Meu primeiro trabalho foi em 2013 na novela Em Família, fiz a primeira fase e foi incrível! A Shirley me abriu portas para o meu segundo trabalho na casa, Boogie Oogie.

Em 2019, você viveu uma deficiente auditiva em Malhação. Como se preparou para esse papel?
Tive mais de um mês de preparação antes de começar a gravar. Graças a um “time” que me acompanhou durante todo o processo da novela: o professor de Libras Bruno Hassib, a intérprete Juliete Viana, a fonoaudióloga Rose Golçalves e a preparadora de elenco Bella Secchin, que tornou tudo possível!

O que você mais aprendeu com essa experiência?
Sempre digo que a Milena me fez enxergar o mundo com outros olhos, além de crescer como artista ela me fez evoluir como ser humano e dar mais mais valor a algumas coisas na vida.

Você chegou a ter algum medo da rejeição do público?
Sim! Muito! Quando veio a público que uma menina ouvinte interpretaria uma personagem surda, muitas pessoas da comunidade surda se manifestaram contra, o que foi uma situação que me fez ter medo de como tudo seria julgado. Depois da estreia, fui muito bem recebida e acolhida por essa comunidade e a personagem foi bem vista pelo público em geral.

Com essa experiência, você acredita que a sociedade está preparada para ser mais acessível para deficientes auditivos?
Não! Existem muitas barreiras que precisam ser quebradas e a sociedade precisa ser muito mais inclusiva. Só quem vivencia sabe como ainda é difícil, tem muito a ser feito para ser o ideal para eles! 

Você também já atuou em O Mecanismo, da Netflix. Existe alguma diferença entre atuar para o streaming ou na TV aberta?
Como fiz uma participação pequena, não posso considerar uma experiência, então se aproximou muito de uma gravação de série ou filme. Quem sabe numa próxima eu consiga ter uma experiência maior…

Qual foi o maior desafio que enfrentou na carreira até agora?
Interpretar a Milena, em Malhação. Foi o papel que mais me demandou estudo e determinação. Eu fico muito feliz com o resultado e sou muito grata pela oportunidade e pelas pessoas que estiveram do meu lado nessa jornada!

Como está sendo esse período de isolamento social? O que tem feito para manter a saúde mental em dia?
Está sendo bem difícil. Sempre deixo muito claro que reconheço meus privilégios, mas mesmo assim a nossa saúde mental fica bem desestabilizada. Estou cursando faculdade de Comunicação (agora EAD), acho que isso me fez encarar a quarentena mais facilmente. Também sou muito ligada nas redes sociais, Instagram, Tiktok, Twitter, procuro sempre produzir conteúdo, além de ver muita série hahaha!

Quais são as suas metas pós-pandemia?
Pretendo continuar estudando e ter novos trabalhos. Aproveitar muuuuito minha recém maioridade, que chegou durante a pandemia, tirar minha carteira de motorista, e, com certeza, dar mais valor a todos os momentos!

Fotos: Edu Rodrigues
Styling: Marlon Portugal
Beleza: Dani Kobert. 

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close