Dia dos Namorados literário: 10 casais inesquecíveis dos livros

Você piscou, mais um ano de quarentena se passou e chegamos novamente ao Dia dos Namorados. Esteja você sozinhx ou acompanhadx nesta data, preparei uma lista com os casais mais icônicos da literatura para te fazer companhia neste final de semana tão romântico – se o crush gostar de livros, vale até como sugestão de presente!

Leia também:

Casais clássicos da literatura

1. Romeu e Julieta, de Romeu e Julieta

Impossível não começar pelos personagens clássicos de Shakespeare, praticamente um sinônimo de romance – apesar do final trágico, sabemos. Um casal que surgiu entre famílias rivais, os Montéquios e os Capuletos, e que vai enfrentar intrigas, assassinatos e muita tragédia, mas muita paixão também.

Compre aqui!

2. Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy, de Orgulho e preconceito

Talvez o segundo casal literário mais conhecido, depois de Romeu e Julieta, sejam Liz e Darcy. Aquele casal que a gente sabe desde o começo do livro que vai ficar junto – apesar do sr. Darcy falar umas bobagens na primeira vez que eles se encontram, achando que ela não está ouvindo. Acompanhar a evolução dos personagens ao longo da trama é incrível, e, para ser bem clichê, prova que o amor muda tudo.

Compre aqui!

3. Cathy e Heathcliff, de O morro dos ventos uivantes

Aqui também tem tragédia, mas é impossível não se envolver com a história de Cathy e seu irmão adotivo, Heathcliff. Não apenas o romance entre os dois, uma paixão bem obscura diga-se de passagem, mas todo o ambiente criado por Emily Brontë tem grandes chances de te prender: um local isolado, escuro, com elementos sobrenaturais, e uma história de amor intensa e obsessiva.

Compre aqui!

Casais da literatura pop

4. Hermione Granger e Rony Weasley, saga Harry Potter

Aquele casal que a gente não sabia o quanto precisava, que, quando ficou junto, apenas sentimos nosso coração quentinho. Hermione e Rony, os melhores amigos de Harry, têm personalidades completamente diferentes – inclusive, vivem pegando no pé um do outro ao longo dos livros. Mas é aí que está o segredo: eles se complementam, e o fato de eles ficarem juntos nos dá um super alívio no meio de toda a tensão do último livro!

Casal extra que eu amo: Nymphadora Tonks e Remus Lupin

Compre aqui!

5. Rhys e Feyre, saga Corte de Espinhos e Rosas

Sarah J. Mass não nos traz um casal óbvio nesta série. Rhys e Feyre não se apaixonam à primeira vista; os acontecimentos farão com que eles se tornem aliados e, só a partir de então, eles vão começar a se aproximar, criando uma amizade que vai se transformar em um dos casais criados pela autora que são mais queridos pelo público.

Compre aqui!

6. Hazel e Augustus, de A culpa é das estrelas

Quem aqui não chorou com essa história? (Se você não conhece, recomendo um pacote de lenços à mão antes de iniciar a leitura). Hazel tem 16 anos e está em tratamento contra um câncer. Ela conhece Augustus em um grupo de apoio e eles se apaixonam – e, neste momento, o foco da história deixa de ser qualquer sofrimento em relação à saúde dos dois. O assunto volta eventualmente ao longo do livro, é claro, mas o que importa é o relacionamento dos dois, e o quanto o amor faz com que você se sinta vivo.

Compre aqui!

7. Eleanor e Park, de Eleanor e Park

Ah, o amor geek… Eleanor e Park são vizinhos e estudam na mesma escola, mas não se falam, apesar de pegarem todos os dias o mesmo ônibus escolar. Park é descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos; Eleanor é ruiva, vem de uma família problemática e é gorda.

Dividindo quadrinhos de X-Men e Watchmen e com The Cure como trilha sonora, o amor que surge entre Eleanor e Park vai fazer você lembrar daquele seu primeiro crush da escola. É uma história sobre como o primeiro amor é sempre intenso – e quase sempre fadado a quebrar corações.

Compre aqui!

Casais da literatura brasileira

8. Capitu e Bentinho, de Dom Casmurro

O casal mais famoso (e mais polêmico) da literatura brasileira precisava abrir essa parte da nossa lista! A história é narrada por Bentinho, o que faz com que o leitor conheça a história através do seu ponto de vista – daí vem o mistério se Capitu o traiu ou não, já que não sabemos o que aconteceu em detalhes. O que sabemos, com certeza, é que o amor dos dois era intenso e marcado por muitas crises de ciúme.

Compre aqui!

9. Bibiana Terra e Capitão Rodrigo Cambará, saga O tempo e o vento

Bibiana Terra é a neta de Ana Terra, e o capitão Rodrigo Cambará é um aventureiro destemido que chega, de forma intempestiva, ao seu povoado. Ao ver Bibiana pela primeira vez, num dia de Finados visitando o túmulo da avó Ana Terra, Rodrigo se apaixona e faz de tudo para conquistar a sua amada, que termina rendida aos seus encantos e se casa com ele, apesar de a família ser contra. Esse casal foi eternizado pelas obras de Érico Veríssimo: O Continente (1949), O Retrato (1951) e O Arquipélago (1961), além de Um certo capitão Rodrigo (1971).

Compre aqui!

10. Anastácia e Benício, de Livre para recomeçar

Em seu segundo romance de época, Paola Aleksandra nos encanta com essa história que se passa no Rio de Janeiro, no final do século 19. Anastácia carrega na pele as marcas deixadas por um casamento odioso. Em sua última noite como uma mulher livre, ela perdeu o controle do seu futuro e acabou presa em um famoso hospício para alienados. Benício de Sá é conhecido como o Bastardo do Café. Lutando diariamente contra a opressão do pai – um dos mais poderosos cafeicultores do Brasil – ele encontrou na construção civil a oportunidade perfeita de mudar seu futuro e deixar uma marca no mundo. Anastácia e Benício se conhecem em meio à ruína, mas é durante a esperança de um novo começo que eles se reencontram, e, juntos, vão reconstruir suas histórias.

Compre aqui!

E aí, qual é o seu casal favorito do mundo dos livros? Ah, se os seus queridinhos não estiverem na lista, deixa aqui nos comentários – bora incrementar essa lista com mais histórias para aquecer o coração!

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close