Dia do Orgulho Nerd: 7 leituras para comemorar a data em grande estilo

Feliz Dia da Toalha, feliz Dia do Orgulho Nerd, queridos geeks! A data se celebra em 25 de maio, em homenagem a Douglas Adams, autor de O guia do mochileiro das galáxias, e também porque nesta data, em 1977, estreou o primeiro filme da saga Star Wars, Episódio IV: Uma nova esperança.

Mais livros:

Mas porque Dia da Toalha, você me pergunta. Simples: porque a toalha, de acordo com Adams, é um item essencial para qualquer mochileiro das galáxias que se preze. Afinal:

“Segundo ele, a toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você -estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa.”

via GIPHY

Quer entrar no clima do dia mais nerd do ano? Preparei uma lista com 7 obras de ficção científica para todos os gostos – incluindo você, sim, você mesmo, que nunca leu nada deste gênero e quer experimentar. E nossa lista começa, obviamente, com…

1. O guia do mochileiro das galáxias, de Douglas Adams

Segundos antes de a Terra ser destruída para dar lugar a uma via expressa interespacial, Arthur Dent é salvo por Ford Prefect, um E.T. que fazia pesquisa de campo para a nova edição de O Guia do Mochileiro das Galáxias. Pegando carona numa nave alienígena, os dois dão início a uma alucinante viagem pelo tempo e pelo espaço. E este é só o começo da famosa trilogia de cinco livros…

via GIPHY

2. Duna, de Frank Herbert

Misto de aventura e misticismo, com altas doses de política e ecologia, Duna é um romance super premiado. Acompanhe a trajetória de Paul Atreides e sua família no planeta Arrakis, dando início a uma das mais épicas histórias de ficção científica – e que está prestes a estrear nas telonas. A obra está sendo adaptada para o cinema, com direção de Denis Villeneuve (conhecido por outros filmes de ficção científica, como A chegada e Blade Runner 2049) e deve estrear em outubro deste ano, simultaneamente nos cinemas e na plataforma de streaming HBO Max – ou seja, dá tempo de ler antes de ver o filme!

3. Viagem ao centro da Terra, de Júlio Verne

Alerta de clássico dos clássicos! A história se passa em 1863, quando o professor Otto Lidenbrock, geólogo e mineralogista, descobre uma mensagem cifrada descrevendo uma viagem ao centro da Terra. Pronto: era o que o cientista precisava para tentar se lançar na mesma aventura, levando consigo o sobrinho Axel, colega de profissão mas defensor de diferentes teorias científicas, e o impassível Hans, guia que se mostrará indispensável para a empreitada e seu espantoso desfecho. Pode se preparar para rios de lava, mares subterrâneos, os primórdios da vida no planeta, fauna e flora pré-históricos, múmias e muito mais!

via GIPHY

4. 2001: Uma Odisseia no Espaço, de Arthur C. Clarke

Nos primórdios da humanidade, quando a fome e os predadores ameaçavam a raça humana, chega à Terra um objeto inusitado, inacessível à limitada compreensão da mente pré-histórica, mas que influencia os homens a descobrir coisas que permitem a sua própria evolução. Milhões de anos depois, a descoberta de um monolito soterrado na Lua deixa os cientistas perplexos. Para investigar esse mistério, a Terra envia ao espaço uma equipe altamente treinada e HAL 9000, uma inteligência artificial responsável pelo funcionamento da nave e pela segurança dos tripulantes. Porém, o surgimento de pequenas falhas levanta a suspeita de que há algo errado com a missão… Outro super clássico para a nossa lista, que também virou filme, pelas mãos do diretor Stanley Kubrick – ou melhor, o livro é uma extensão do filme. Ou seja, se você já assistiu, a leitura continua valendo a pena. 

5. Perdido em marte, de Andy Weir

Gostamos de adaptar ficções científicas para o cinema, não é mesmo? E aqui temos mais um, sucesso de bilheteria e também editorial – o livro ficou mais de 70 semanas na lista de mais vendidos do New York Times! Aqui, vamos acompanhar a história do astronauta Mark Watney, uma das dez primeiras pessoas a pisar em Marte. Porém, após uma forte  tempestade de areia, a missão Ares 3 é abortada e a tripulação vai embora, certa de que Mark morreu em um terrível acidente. Só que não: ele está vivo! Ao despertar, ele se vê completamente sozinho, ferido e sem ter como avisar às pessoas na Terra que está vivo. E, mesmo que conseguisse se comunicar, seus mantimentos terminariam anos antes da chegada de um possível resgate. Ainda assim, Mark não está disposto a desistir. Munido de nada além de curiosidade e de suas habilidades de engenheiro e botânico – e um senso de humor inabalável –, ele embarca numa luta obstinada pela sobrevivência.

via GIPHY

6. Kindred: Laços de sangue, de Octavia E. Butler

Desde que li esta obra, no começo de 2021, eu me pergunto: por que eu não conheci Octavia antes? Em seu vigésimo sexto aniversário, Dana e seu marido estão de mudança para um novo apartamento. Em meio a pilhas de livros e caixas abertas, ela começa a se sentir tonta e cai de joelhos, nauseada. Então, o mundo se despedaça: Dana se encontra à beira de uma floresta, próxima a um rio. Uma criança está se afogando e ela corre para salvá-la. Mas, assim que arrasta o menino para fora da água, vê-se diante do cano de uma antiga espingarda. Em um piscar de olhos, ela está de volta ao seu novo apartamento, completamente encharcada. É a experiência mais aterrorizante de sua vida… até acontecer de novo. E de novo. Quanto mais tempo passa no século XIX, numa Maryland pré-Guerra Civil – um lugar perigoso para uma mulher negra –, mais consciente Dana fica de que sua vida pode acabar antes mesmo de ter começado.

7. O poder, de Naomi Alderman

Vai ter mais autoras de ficção científica nessa lista, sim! E agora com esse eletrizante (com o perdão do trocadilho) livro que, garanto, você irá devorar. Em um futuro próximo, as mulheres desenvolvem um estranho poder: elas se tornam capazes de eletrocutar outras pessoas, infligindo dores terríveis… até a morte. De repente, os homens se dão conta de que não estão mais no controle do mundo. Eita! Vale ressaltar que Naomi Alderman tem como mentora de escrita ninguém mais, ninguém menos, do que Margaret Atwood, autora de O conto da aia e outros livros incríveis.

Prontx para celebrar esse Dia do Orgulho Nerd? Pegue seu livro, sua toalha e boa leitura!

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close