Coronavac: Anvisa determina paralisação de testes com a vacina após “evento adverso grave”

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) mandou parar os testes com a Coronavac, vacina desenvolvida contra a covid-19, após um “evento adverso grave” em um dos voluntários que participam dos testes feitos em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo.

Leia também:

Segundo a Anvisa, o estudo foi paralisado “para avaliar os dados observados até o momento e julgar o risco/benefício da continuidade do estudo”. Até o momento, não existe uma confirmação de que o “evento adverso grave” foi causado pela vacina.

Com a decisão, nenhum novo voluntário poderá receber as vacinas de teste da Coronavac, até que essa análise seja concluída. A Sinovac, laboratório chinês responsável pela produção da vacina, declara estar “confiante” na segurança de seu produto.

A notícia vem horas depois de o governador de São Paulo, João Dória, confirmar que mais de 150 mil doses da vacina chegarão ao estado no próximo dia 20 de novembro. A aplicação na população, no entanto, depende da aprovação da Anvisa.

Vale lembrar que esta não é a primeira vacina a ter os testes paralisados no Brasil. A vacina da parceria europeia AstraZeneca/Oxford, adquirida pelo governo federal, também passou por algo semelhante alguns meses atrás, mas depois foi constatado que o evento adverso não tinha ligação com a vacina.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close