Como a pandemia reverteu décadas de progresso para a igualdade de gênero

O secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), António Guterres, revelou que a pandemia do novo coronavírus reverteu décadas de progresso para a igualdade de gênero e conquista de diretos para as mulheres.

Leia também:

“A pandemia expôs a extensão de seu impacto na saúde física e mental, educação e participação da força de trabalho”, disse Guterres. “Já que muitas mulheres estão efetivamente confinadas com seus abusadores, enquanto recursos e serviços de suporte são redirecionados”.

O secretário-geral destacou alguns relatórios preocupantes sobre a disparada da violência doméstica em meio ao confinamento imposto pela covid-19. “A pandemia está expondo e exacerbando os obstáculos consideráveis que as mulheres enfrentam para alcançar seus direitos e realizar seu potencial.”

Em uma audiência virtual para representantes femininas em todo o mundo, ele enfatizou que “os governos têm a responsabilidade de garantir que mulheres e meninas tenham acesso” a serviços de saúde sexual e reprodutiva, mesmo durante a uma crise como a atual.

Além disso, Guterres avaliou o grande impacto financeiro que mulheres estão enfrentando em meio a pandemia. “As transferências de dinheiro, créditos e empréstimos devem ser direcionados às mulheres, para mitigar o impacto imediato da perda de empregos e aumento das responsabilidades de cuidar dos filhos”, completou o secretário-geral.

Foto: Unsplash

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close