Coloque seu sonho no papel: ela conseguiu publicar o seu primeiro livro em uma grande editora

Foi admirando a máquina de escrever da mãe e criando suas próprias peças de teatro que Aione Simões descobriu o amor pela escrita – e isso foi durante a infância. Hoje, duas graduações depois (além de Letras, ela também se formou em Nutrição) e criando conteúdo há dez anos para o Minha Vida Literária, Aione se prepara para um próximo e importante passo: publicar seu primeiro livro por uma grande editora.

Leia também:

Essa não é a primeira história de Aione que chega aos leitores; a autora e booktuber já escreveu Escrito nas estrelas, seu primeiro romance, Vidas na noite, uma antologia de contos que chegou a ficar no primeiro lugar na lista de mais vendidos da Amazon em sua categoria, e as novelas Cinco minutos e A filha ideal. Agora, seus leitores já estão na expectativa para conhecer sua nova história, que já traz na bagagem todo o aprendizado das anteriores.

“Os livros que publiquei me ensinaram muito. Desde a experiência da escrita, de tornar meu texto mais direto e fluido, mas sem perder a essência da história, mas também o contato com os leitores. Ser lida e ter essa troca também ajuda a elaborar minhas histórias da melhor maneira possível”, conta Aione.

Sobre o novo livro, ainda há pouco para dizer. O anúncio foi feito em uma live da editora HarperCollins Brasil, que apresentou Aione Simões como a mais nova autora do selo Harlequin, especializado em romances. “Comecei a escrever essa história em 2019 e finalizei em 2020. Passei para a minha agente literária e fechamos o texto final em junho do ano passado. Logo depois, ele foi enviado para análise da Harlequin e a confirmação veio no começo de 2021”, relembra a autora.

Espera um pouco: agente literária? Você já ouviu falar nessa profissão?

É isso mesmo: existem pessoas que trabalham para ajudar autores a aprimorar suas histórias e fazer a mediação entre eles e as grandes editoras. No caso da Aione, quem faz isso por ela é Mariana Dal Chico, agente e uma das sócias da Increasy Consultoria Literária. 

Ela conta um pouco mais sobre como é este processo: “Este é o segundo livro que eu trabalho com a Aione. Cada autor tem a sua forma de trabalhar em parceria com a agente literária, mas nós duas trabalhamos da seguinte forma: ela gosta de escrever uma estrutura, um esquema para o livro, e os primeiros capítulos antes de marcarmos uma reunião. Nela, ela me apresenta a história e o material que já tem escrito; conversamos bastante sobre a ideia e os rumos que a história pode ou não tomar e ela começa a escrever. O livro só volta para mim finalizado, e então eu começo o processo de revisão, para aprimorar a escrita, ver se o enredo não tem furos, se os diálogos estão bons. Com o texto finalizado, apresentamos para as editoras.”

Voltando ao livro, tanto Aione quanto Mariana ainda não podem revelar muita coisa. O que se sabe é que será um romance contemporâneo, gênero literário favorito da escritora, com boas doses de humor. “É uma comédia romântica contemporânea, que se passa em São Paulo. A protagonista tem 28 anos, é um pouco mais velha do que minhas personagens principais anteriores. Será um livro divertido, mas também emocionante e reflexivo”, diz Aione. “Podem esperar muito humor, romance, referências ao mundo pop e, principalmente, personagens em um processo lindo de autodescoberta. É incrível ver o crescimento deles dentro da história, e a evolução da Aione como escritora. Ela amadureceu muito, sua escrita é cada vez mais envolvente, a escolha de palavras e o jogo que ela faz com elas é sempre preciso”, conta Mariana.

O lançamento está previsto ainda para o segundo semestre de 2021: o livro já passou pela fase de preparação de texto (uma segunda revisão, feita pela editora que publicará o livro), revisão da autora e agora irá para diagramação, que é o processo de layout do texto do livro. Aione, Mariana e a equipe da editora também já estão discutindo a capa do livro.

Além de escritora, Aione também é uma grande leitora. Ela compartilha resenhas no Minha Vida Literária, blog e canal no YouTube, além de suas redes sociais. E os autores que lê também a inspiram muito. “O que eu leio me direciona para escrever. Quando vou contar uma nova história, me pergunto quais outras histórias eu gostei, o que fez com que eu carregasse determinado livro no coração, quais livros me passaram mais verdade em suas histórias. Falar sobre essa verdade é o que cria conexão com as outras pessoas”, afirma.

Entre suas autoras favoritas e principais referências estão Sophie Kinsella, Taylor Jenkins Reid e Marian Keyes – esta, em específico, uma grande inspiração para o novo livro, por saber misturar romance, comédia e temas mais densos com bastante leveza. Além disso, Aione reforça a importância de autorxs brasileiros na construção de sua obra. “A literatura nacional me inspira muito como um todo. São pessoas cujas histórias abriram e seguem abrindo portas para todo mundo que vem depois, como eu. Das contemporâneas, admiro bastante o trabalho de Carina Rissi, Lola Salgado, Paola Aleksandra e Clara Alves”, afirma.

Quero escrever meu livro!

E aí, se inspirou para contar a sua própria história? A agente literária Mariana Dal Chico dá sete dicas para iniciar seu caminho na escrita e, no futuro, ter também o seu livro publicado:

1. Comece! Coloque sua história no papel.

2. Revise bem o seu texto. “Depois, revise de novo!”, reforça Mariana. “Preste atenção aos detalhes e tome cuidado com erros de ortografia e concordância.”

3. Peça por uma leitura crítica da sua história. “Não a sua mãe, que vai achar tudo maravilhoso (risos), mas alguém que tenha experiência no mercado editorial e possa avaliar a fluidez da sua história, o enredo e se o mercado, neste momento, tem espaço para ela”, diz Mariana.

4. Acompanhe as redes sociais das editoras e agências literárias, para se informar sobre quando e como enviar seu manuscrito para análise.

5. Também busque se informar sobre concursos literários e grupos de escrita – você não está sozinhx perseguindo esse sonho!

6. Considere a publicação independente. Uma possibilidade é o Kindle Direct Publishing, da Amazon. “Publicar sua história permite que você tenha um termômetro de quem são seus leitores, o que eles gostam mais ou não gostam, o que te ajuda muito no processo”, afirma Mariana.

7. Seu livro foi publicado, viva! Porém, o trabalho não acaba aqui. “Não descuide das redes sociais: divulgue seu livro e interaja com seus leitores. Esse é o grande diferencial do autor nacional, a proximidade com quem o lê”, completa a agente literária.

Dica extra da Aione: “Seja paciente, em todos os sentidos. Respeite o tempo que a história precisa para ser contada. Depois, seja paciente com o processo de aprimoramento dela; passe pela revisão, pela leitura crítica, corrija o que foi apontado. Depois, paciência com o mercado; um ‘não’ de uma editora não invalida o seu trabalho. Às vezes, ainda não é o momento certo para o seu livro. Só não deixe de contar sua história: precisamos de mais diversidade na literatura nacional, precisamos da sua história também.”

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close