Carnaval 2021 pode ser adiado caso não exista vacina contra novo coronavírus

Conforme muita gente previa, o Carnaval 2021 em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador deve ser adiado se não existir uma vacina ou tratamento 100% eficaz contra o novo coronavírus. Segundo Bruno Covas, prefeito da capital paulista, as prefeituras das três cidades já estão em contato para determinarem a melhor data para a realização da festa.

Leia também:

“Estamos conversando, como também começamos o diálogo com escolas de samba, com a secretaria de Cultura para tomar decisão. A ideia é que as principais cidades que tenham Carnaval, como é o caso de São Paulo, Salvador e Rio de Janeiro, consigamos encontrar uma data em comum caso a gente aposte na postergação”, disse ele em entrevista à Rádio Bandeirantes.

De acordo com ele, a ideia é tomar a decisão o quanto antes. “A cidade de Salvador precisa de três meses para fazer esse debate. Eles têm até novembro para definir”, contou Covas. “Aqui precisamos de antecedência porque os desfiles das escolas levam seis meses para serem organizados. Aqui em São Paulo, não vamos esperar até novembro, vamos tomar a decisão antes. Estamos sim conversando com outras cidades, como conversamos com as escolas para tomar essa decisão o mais rápido possível.”

ACM Neto, prefeito de Salvador, já havia declarado que o Carnaval 2021 não aconteceria em fevereiro caso a vacina não saísse até lá. Segundo ele, o evento poderá ser adiado para maio ou junho.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close