Aposta: conheça Sophia Stedile e seu pop que é a cara do verão

Você talvez não conheça o seu som, mas a cantora paulistana Sophia Stedile, com apenas 20 anos, já está em seu sétimo lançamento pela gravadora Sony Music. A artista já conta com mais de 1 milhão de streamings, e mais de 200 mil ouvintes mensais apenas no Spotify, e encanta seus fãs com uma voz rouca e suave, trazendo ritmos brasileiros e criativos para suas composições. 

Leia também:

Desde quando começou a aparecer na internet, quando cantava com seu ukelele na banheira, mostrou possuir um timbre de voz inconfundível e maduro. Nada mais justo de escolhermos ela como a nossa aposta da semana, né?

DOMÍNIO: Como nasceu sua paixão pela música?
Sophia Stedile:
Minha paixão pela música veio muito da influência do meu pai. Ele sempre cantou, mesmo quando eu estava na barriga da minha mãe. Quando eu nasci, eu sempre fui incentivada a desenvolver meu lado artístico, desde dança ao canto. Eu fui crescendo e me apaixonando cada vez mais pela música, ficava na frente da TV esperando algum música passar para eu poder cantar junto. Então, muito do que eu sinto hoje pela música veio do incentivo dos meus pais.

Sobre o que você mais gosta de escrever e cantar?
Eu gosto muito de escrever sobre sentimento ou algo que eu estou refletindo, seja por experiência própria ou que eu já tenha visto acontecer com pessoas próximas. Acho importante escrever bastante sobre as relações humanas. Acho que a música tem muito disso, mostrar como estamos nos sentindo, então na hora de escrever, penso nisso. Quanto ao canto, eu sou muito aberta a experiências. Eu gosto muito de sentir a letra para cantar, entender o que ela quer dizer para que eu possa interpretar de forma real.

Você chegou a compor algo na quarentena? Sobre o que?
Cheguei, sim. No início da quarentena eu tive um tempo de pausa, em que eu consegui respirar, refletir. Foi nesse respiro que encontrei uma abertura para fazer uma análise dos meus sentimentos. Isso deixou minha cabeça muito mais criativa. Foi nesse processo que eu comecei a fazer reuniões online com pessoas que, por conta da correria do dia a dia, nunca tive a oportunidade de fazer. Começamos a criar muita coisa legal, inclusive uma dos meus últimos lançamentos, a música “Te Falei”, que fala sobre meu relacionamento com  minha irmã. Eu trouxe muito de como a gente interage, como cuidamos uma da outra, a essência de nossa relação. Então a quarentena me fez entender muito mais do que eu sinto e isso me inspirou.  

Quais serão os seus próximos passos depois que a pandemia passar?
Acho que os principais passos serão: continuar o ritmo de trabalho e fazer shows. Agora na quarentena eu consegui ter mais tempo para escrever e produzir minhas músicas, fazendo parcerias e conhecendo um pessoal por call. Acho que é importante manter esse ritmo porque me fez muito bem. Quanto ao show, eu amo muito os palcos e sinto muita falta da energia que a gente recebe quando está se apresentando, então estou louca para tudo isso acabar e conseguirmos voltar com isso. Eu acabo fazendo lives cantando, mas é diferente. Gosto de ver o rostinho do pessoal e como eles reagem. Então, no momento, temos que nos cuidar, mas assim que tudo isso passar, com certeza quero manter minha criatividade e ter mais contato com meus fãs.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close