5 conquistas do feminismo que precisam ser celebradas

Apesar de ser muito mais discutido nos dias de hoje, o feminismo é uma pauta muito presente na vida das mulheres há séculos – já na idade média as bruxas eram perseguidas, isso sem falar nas diversas lutas por direitos que aconteceram no século XIX. Mas a batalha por um espaço mais igualitário continua. E ainda existem muitas coisas que PRECISAM ser levadas em conta, como igualdade salarial, algo que está longe do ideal, e o machismo estrutural que existe em nossa sociedade.

Leia também:

Sim, existem muitas coisas a serem vencidas ainda, porém é preciso olhar pra trás, se apegar ao que já temos e celebrar as conquistas que o movimento feminista já conseguiu. Vem ver quais foram os maiores direitos conquistados pelas mulheres ao longo da história:

Acesso à educação

Dá pra acreditar que já aconteceu de as meninas serem proibidas de frequentaram aulas nas escolas? Apenas em 1827, através da  Lei Geral – promulgada em 15 de outubro – que mulheres tiveram acesso a educação. Tudo graças a Nísia Floresta, do Rio Grande do Norte, brasileira pioneira em levantar a bandeira pelo direito à educação de garotas no país.

Em 1879, o governo autorizou que mulheres frequentassem o ensino médio, porém que seguia esse caminho era duramente criticada. Em 1887, Rita Lobato Velho Lopes, que se formou na Faculdade de Medicina da Bahia, foi a primeira brasileira a receber um diploma universitário.

Partido político feminino

A Proclamação da República no Brasil aconteceu em 1889, porém, apenas 20 anos depois, em 1910, é que foi criado o primeiro partido político feminino – o movimento nasceu em defesa do direito ao voto e a emancipação das mulheres. Leolinda de Figueiredo Daltro foi uma das responsáveis, além de ser protagonista em lutas pela igualdade entre os gêneros e por sua inquietude ante às injustiças sociais.

Direito ao voto

O movimento sufragista foi o responsável por reinvidicar os direitos políticos para as mulheres, principalmente um dos mais aguardados: o direito de votar e de ser votada. A iniciativa surgiu na Inglaterra no século XIX, mas se espalhou pelo mundo ao longo do século XX.

No Brasil, o movimento sufragista teve sua primeira conquista em 25 de outubro de 1927: o reconhecimento do alistamento eleitoral feminino no estado do Rio Grande do Norte. O direito no país como um todo só começou a valer em 1932, quando a Constituição Federal permitiu pela primeira vez que mulheres votassem.

Criação e comercialização do anticoncepcional

No início da década de 1950 a feminista Margaret Sanger e a milionária Katherine McCormick se uniram para inventar uma pílula contra a gravidez que fosse fácil de usar, eficiente e barata. O cientista Gregory Pincus passou a trabalhar às escondidas, já que qualquer método contraceptivo era proibido nos Estados Unidos. No dia 18 de agosto de 1960, lançou o novo produto no mercado americano: o Enovid-10.

O comércio da pílula anticoncepcional teve início no Brasil em 1962, dois anos após ter sido aprovada nos Estados Unidos pelo FDA – Food and Drug Administration.

Lei Maria da Penha

A Lei 11.340/06, que recebeu o nome de Lei Maria da Penha, foi fruto da organização do movimento feminista brasileito, que desde a década de 1970 denunciava as violências cometidas contra as mulheres. A história de Maria da Penha Maia Fernandes que inspirou o nome dessa medida.

A biofarmacêutica foi agredida pelo marido durante seis anos. Em 1983, ele tentou assassiná-la duas vezes: na primeira, com um tiro, quando ela ficou paraplégica; e na segunda, por eletrocussão e afogamento. Somente depois de ir parar em uma cadeira de rodas, ela foi lutar por seus direitos. Então lutou por 19 anos e meio até que o país tivesse uma lei que protegesse as mulheres contra as agressões domésticas.

Em 7 de agosto de 2006, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a Lei Maria da Penha , criada com o objetivo de punir com mais rigor os agressores contra a mulher no âmbito doméstico e familiar.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close