4 coisas que você precisa saber sobre os anticoncepcionais

As pílulas anticoncepcionais existem no Brasil há mais de 60 anos e são um dos métodos contraceptivos mais famosos do mundo, podendo ter uma eficácia de 99,7% quando usadas de forma correta e seguindo todas as recomendações do seu médico.

Leia também:

Mas você conhece mesmo essa pílula tão famosa, ou ainda tem algumas dúvidas quando se trata do assunto? Para te dar uma ajudinha, separamos, junto ao Dr. Roberto Debski, 4 curiosidades sobre esse famoso contraceptivo hormonal. Vale lembrar que nada dispensa uma consulta com seu ginecologista, combinado. Confira só:

Toda mulher pode tomar qualquer pílula existente no mercado?

A resposta é não! Antes de começar o uso da pílula anticoncepcional, as mulheres devem consultar o seu ginecologista para descobrirem qual o melhor remédio e até mesmo se podem utilizar o método, já que a pílula é uma medicação e pode ter efeitos colaterais ou contra indicações.

“Consultar seu médico e Individualizar a necessidade do anticoncepcional e seu uso é importante para manter a saúde e a qualidade de vida”, comenta Roberto.

Quais os seus benefícios, além da contracepção?

Existem outros benefícios no uso da pílula anticoncepcional além da prevenção da gravidez. Alguns deles são: a redução do tamanho de cistos ovarianos e nas mamas, redução do fluxo menstrual e da cólica, regulação do ciclo menstrual, regulação dos ovários policísticos e, por vezes, pode aliviar a tensão pré-menstrual, e reduzir a acne e oleosidade da pele.

Como a pílula age no organismo?

A pílula tem como função principal inibir a ovulação. Segundo o Dr. Roberto, elas também agem por outros mecanismos para dificultar a gravidez, como alterar o endométrio uterino, que é o local de implantação dos embriões; alterar o muco do colo do útero para dificultar a entrada dos espermatozoides; e modificar as trompas, alterando a sua movimentação para que eles não cheguem ao óvulo.

Existem medicamentos que cortam o efeito do anticoncepcional?

Alguns tipos de remédios podem, sim, diminuir a eficácia das pílulas. Para saber se esse pode ser seu caso, fique atenta aos sangramentos fora do período menstrual e também sempre se informe sobre quais são os remédios que podem causar esse efeito com o seu médico.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close