10 coisas que você não deve dizer a uma pessoa trans

No dia 29 de janeiro é celebrado o Dia Nacional da Visibilidade Trans, uma data muito significativa para pessoas transgênero e pra essa luta – que é diária, todos os dias do ano. Sendo assim, janeiro foi escolhido como o mês oficial da visibilidade trans.

Leia também:

Esse dia específico foi escolhido por conta de uma campanha lançada em 2004 por homens e mulheres trans chamada “Travesti e Respeito”. O objetivo era promover a igualdade e questões essenciais para pessoas transgênero e que suas pautas tão importantes fizessem parte dos projetos do Congresso Nacional.

Realizado em Brasília, o ato foi o primeiro em território nacional organizado por pessoas trans. Depois disso, a data é relembrada todos os anos como uma forma de reforçar a luta e celebrar o orgulho de ser quem é.

Entretanto, a gente sabe que ainda há muita coisa para se fazer. Uma das barreiras enfrentadas por pessoas transgênero é o preconceito que já está enraizado na sociedade, que acabam resultado na violência verbal e física diária. Muita gente fala frases e expressões que são, sim, transfóbicas e precisamos nos conscientizar disso. Abaixo, reunimos as dez frases que você NÃO DEVE dizer a uma mulher ou homens trans. É falta de respeito. É falta de empatia. Se liga:

1- Qual era o seu “nome de registro”?

O “nome de registro” não importa. É ofensivo fazer esse tipo de pergunta. Como a pessoa se apresentou a você? A chame pelo nome que elx te disse e não por um que elx sequer se identifica.

2- Você fez a cirurgia?

Nem todas as pessoas transgênero têm a intenção de fazer algum tipo de intervenção cirúrgica e isso deve ser respeitado. Não é algo que determina o seu gênero.

3- Você parece homem/mulher de verdade. Eu nunca adivinharia

Pra quem diz isso, pode até soar como algo positivo, porém para quem ouve é extremamente desconfortante. Pessoas trans não “parecem” homens/mulheres de verdade. Elas são!

4- Mas como você faz sexo?

Não é a da sua conta como qualquer pessoa age em sua intimidade, viu!? Pessoas trans não são obrigadas a sair dizendo por aí como se comportam durante o sexo apenas para satisfazer a curiosidade das pessoas. É algo íntimo e precisa ser respeitado.

5- Essa aqui é minha amiga trans

Ser trans não define a personalidade de ninguém. É desrespeitoso expor uma característica que diz respeito apenas à pessoa.

6- Sua voz não engana

É ofensivo e beira a crueldade você usar uma característica – voz fina ou grossa – para medir a feminilidade ou masculinidade de alguém. Não faça isso!

7- Você não tem medo de apanhar?

A violência física contra pessoas trans é uma realidade no Brasil, infelizmente. Você não precisa ficar lembrando disso. Não traga esse tipo de assunto desagradável e assustador à tona.

8- Você nunca será homem/mulher de verdade

Quem deve definir isso não é você, é a pessoa. Simples assim.

9- Quando você virou gay?

Vamos entender uma coisa: orientação sexual – atração sexual por alguém – não é a mesma coisa que identidade de gênero – a maneira como você se identifica e se sente quando se olha no espelho.

10- Você toma hormônios?

Assim como no caso da cirurgia, não é porque uma pessoa é trans que ela precisa tomar hormônios. Há condições médicas que impedem, além de ser um tratamento bem caro. Não é algo que você deve sair perguntando.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close