Taylor Swift chora ao relembrar assédio sexual: “Parte mais horrível da minha vida”

Há exatamente um ano, Taylor Swift entrou com um processo contra o radialista e DJ David Mueller, o acusando de ter apalpado uma de suas nádegas durante um encontro com a artista em 2013. Ao final do processo, Mueller pagou a quantia simbólica de um dólar, mostrando que Swift queria apenas justiça e não o dinheiro do assediador.

Leia também:

Nesta terça, 14, durante um show em Tampa, na Florida, Taylor não segurou as lágrimas ao relembrar o abuso. “Um ano atrás eu não estava me apresentando em um estádio em Tampa, eu estava em um tribunal em Denver, Colorado”, começou ela. “Este foi o dia em que o júri escolheu o meu lado e disse que eles acreditavam em mim. Acho que só penso em todas as pessoas que não acreditavam e nas pessoas que têm medo de falar porque acham que não acreditarão.”

“Eu só queria dizer que sinto muito por alguém que nunca teve quem acreditasse, porque eu não sei o que a minha vida teria sido se alguém não acreditasse em mim quando eu disse que algo tinha acontecido comigo”, finalizou a diva.

Tay ainda agradeceu a confiança que os fãs depositam nela. “Eu queria agradecer apenas por… quero dizer que quando conheço vocês em meet-and-greets e depois dos shows, vocês me falam sobre os tempos difíceis que vocês passaram em suas vidas e eu realmente aprecio você confiando em mim com essa informação.”

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close