Mulher submissa ao casamento é “questão de fé”, diz ministra Damares Alves

Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, acredita que, na concepção cristã, a mulher deve ser submissa ao homem dentro de um casamento. A declaração foi dada nesta terça-feira (16), em Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados.

“Essa é uma fala que fiz na minha igreja”, disse a ministra após ser questionada pela deputada Alice Portugal (PCdoB-BA). “Dentro da doutrina cristã, lá dentro da igreja, sim, nós entendemos que, num casamento entre homem e mulher, o homem é o líder do casamento. Então essa é uma percepção lá dentro da minha igreja, dentro da minha fé.”

Damares, porém, disse que isso não quer dizer que a mulher deve “abaixar a cabeça para o patrão, para o agressor, para os homens que estão aí”, mas pensar dessa forma é uma “questão de fé”.

Sobre religião, a ministra completou dizendo que a igreja é uma das frentes de combate à violência contra a mulher no Brasil.

Ainda nesta terça (16), Damares manteve sua posição contrária à descriminalização do aborto. “Tenho tantas coisas para fazer naquele mistério que o tema aborto eu não vou fazer essa discussão. É discussão do Parlamento e agora do Judiciário”, disse. “Agora, a política pública que já está feita, isso é do Ministério da Saúde, eles que façam essa discussão lá.”

“Se não tivermos estupro, não vamos ter mulher lá no serviço de saúde pedindo para fazer o aborto”, continuou a ministra.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close