Marca de maquiagens causa polêmica ao usar modelo com acne em anúncio

Ao mesmo tempo em que existe um movimento nas redes sociais pela aceitação da acne, um marca de maquiagens americana está indo na contramão. A Huda Beauty usou uma foto da modelo inglesa Em Ford, que abraça o movimento de exibir suas acnes sem problema algum, em um de seus anúncios – sem a sua autorização.

Leia também:
Liberte sua sobrancelha: o movimento que celebra a “monocelha”

No anúncio, a marca diz: “A única coisa pior do que espinhas são as pequenas cicatrizes deixadas por elas.” Em seu Instagram, Ford publicou um texto criticando a Huda Beauty. “Querida @HudaBeauty, queria agradecer por usar minhas imagens #skinpositivity para dizer ao mundo que meu rosto cheio de cicatrizes é pior do que as espinhas”, escreveu. “Manchetes como essa são a razão pela qual recebo milhares de e-mails diariamente de mulheres de todo o mundo. Algumas pessoas se sentem tão envergonhadas por sua pele que isso afeta todos os aspectos de suas vidas. Muitas delas nem poderiam sequer sonhar em se divertir nas férias sem aplicar uma base de alta cobertura. Você quer fazer parte do problema? Ou parte da solução?”

Imediatamente, Huda Kattan, blogueira responsável pela marca, publicou uma série de vídeos pedindo desculpas pela ação.

O que achou dessa polêmica? Pelo menos a marca reconheceu o erro, né?

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close