Malala Yousafzai escreve carta emocionante sobre o massacre em Aleppo

Depois de um massacre ter atingido a cidade de Aleppo, na Síria, essa semana, centenas de cidadãos sírios compartilharam mensagens de adeus nas redes sociais, já que a região estava tomada por rebeldes. Com isso, a ganhadora do Prêmio Nobel Malala Yousafzai resolveu se pronunciar através de um texto emocionante em seu Facebook.

“Hoje me sinto como se eu estivesse assistindo o pior do nosso passado se repetir. Quando eu penso na Síria, eu vejo o genocídio em Ruanda. Quando eu leio a carta desesperada de Bana Alabed em Aleppo, eu vejo Anne Frank em Amsterdam”, escreveu.

1481811779-syn-hbz-1481798122-gettyimages-460239980-1

Ela ainda aproveitou o comunicado para alertar as comunidades internacionais para “fazer o que for preciso para acabar com essa guerra.”

A declaração vem dias depois de a ONU ter convocado uma reunião de emergência após 82 civis terem morrido em Aleppo, enquanto tropas pró-Assad (aqueles que lutam para o presidente Bashar Hafez al-Assad) tentaram tomar de volta a capital.

“O regime sírio deve dar passagem segura para as pessoas que quiserem deixar e permitir que trabalhadores humanitários em Aleppo salvem tantas vidas que conseguirem. Que Deus esteja com os filhos de Aleppo, mesmo se os nossos líderes mundiais não estão.”

 

 

 

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close