Luyara, filha de Marielle Franco: “Tanta gente usa a imagem dela para se promover”

Luyara Franco, filha da vereadora Marielle Franco, morta covardemente em 2017, viu o nome da mãe ser falado no mundo inteiro – ao mesmo tempo que testemunhou a existência dela se tornar símbolo de resistência. Em entrevista ao jornal O Globo, ela revela que ainda sente que a mãe “pode chegar em casa a qualquer hora”.

Leia também:

“Ameniza um pouco a dor saber que ela morreu por uma causa que repercutiu no mundo todo”, desabafou, dizendo que, ao mesmo tempo, muita gente usa a imagem de Marielle para se autopromover. “Como é que todo mundo tá usando o nome dela e não sabe que ela tem uma filha? Não sabem a história dela. Mãe, vereadora, bissexual. Esquecem que a gente tem uma essência, uma criação. Inclusive acho que essa é a justiça que, no meu coração, vai mais me acalentar. Quando as pessoas reconhecerem todo mundo como a mesma família, que a família existe, que está todo mundo junto.”

Ela ainda comentou sobre quando dois candidatos rasgaram uma placa com o nome de Marielle durante uma campanha no Rio, em 2018. “Quando eu vi aquilo, eu pensei ‘as pessoas não são humanas’. Por que fazer isso dessa forma tão brutal? Quebrar a placa, sendo uma homenagem, depois atacar a gente de algumas formas. Eu fiquei mais do que chateada, fiquei triste, com raiva da vida. Saber que as pessoas não conseguem se colocar no lugar do outro.”

Marielle Franco, vereadora do PSOL, e o motorista do carro que a conduzia, Anderson Gomes, foram brutalmente assassinados no centro do Rio de Janeiro. Nascida na favela da Maré, ela era conhecida por sua constante luta pelo direito das mulheres, LGBTs, igualdade racial e pelas vidas dentro das comunidades cariocas.

Marielle deixou o legado de resistência. E por mais que essa palavra seja interpretada de forma tão errada por tanta gente, é uma palavra necessária. É uma atitude necessária. Vidas negras importam. Vidas LGBTs importam. Vidas das favelas importam. Vidas das mulheres importam. Vamos resistir, Marielle. A chama que você acendeu está longe de ser apagada.

 

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close