Laverne Cox revela que já pensou em suicídio por ser transexual

A atriz Laverne Cox, a Sophie de Orange is the new Black, postou uma série de posts em seu Twitter desabafando sobre as dificuldades em ser uma mulher transexual. Ela lembrou que, há alguns anos, ela pensou em suicídio e diz que gostaria de ser chamada de mulher após sua morte.

Leia também: 

“Muitos anos atrás, quando pensava em suicídio, estava planejando ter uma mensagem no meu bolso no momento da minha morte e várias outras na minha casa que declararia meu nome, meu gênero preferido e que eu deveria ser referida como uma mulher em minha morte. Minha mensagem seria clara que eu deveria ser chamda de Laverne Cox só, e não de qualquer outro nome”, disse ela.

O desabafo veio depois de Cox ter lido uma matéria investigativa do ProPublica dizendo que transexuais vítimas de homicídio normalmente são chamados por seu nome de batismo e não pelo gênero que se identificam.

De acordo com a publicação, dos 85 casos de homicídio contra transexuais que estão sendo investigados por órgãos de segurança nos EUA, 74 deles são chamados por seus nomes de nascimento.

“Estou irritada, entristecida e furiosa porque a polícia em Jacksonville, na Flórida, e outras jurisdições não têm políticas para respeitar as identidades de gênero das pessoas trans, quando elas são assassinadas”, escreveu Laverne.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close