Jovem samba na cara de professor que disse que seu vestido de formatura era “brega”

Makalaya Zanders, de Cleveland, Ohio, estava prestes a se formar no colégio quando decidiu que usaria um vestido inspirado em suas origens africanas para a grande festa. Ao informar um de seus professores sobre a escolha do look, ela foi informada que a peça seria “brega” e que “não era apropriada para o evento”. What?

Esse absurdo desencorajou a jovem de usar o look, mas ao se reunir com o designer de moda DeAndré Crenshaw, Makalaya recebeu uma dose de autoconfiança e decidiu usar o vestido mesmo com as opiniões contrárias dos professores.

A photo posted by IndelibleDC (@indelible_dc) on

O resultado? A estudante chegou arrasando na formatura com um vestido requintado com uma bainha de sereia e com estampas que remetem a Africa. Nos acessórios, um cinto de ouro, braço pulseira e colar – tudo bem longe de ser brega, viu!?

A photo posted by IndelibleDC (@indelible_dc) on

Em seu Instagram, o designer responsável pela peça se disse surpreso pela repercussão que a peça teve na internet. “Não é sobre mim, é sobre a mensagem”, disse. “Eu estava com medo de colocar as ideias pra fora, porque as pessoas são tão cruéis e não aceitam minha arte, mas Deus e os amigos ao meu redor me mantiveram em pé.”

A photo posted by IndelibleDC (@indelible_dc) on

Que demais, né?

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close