Estudo revela que ter um problema com saúde mental é MUITO MAIS comum do que não ter um

O ano é 2017 e doenças mentais ainda não são discutidas como deveriam. Sim, muito mais pessoas estão falando sobre isso e o assunto está sendo cada vez mais debatido, mas grande parte da população ainda encaram problemas como a ansiedade e depressão como algo que não precisa ser tratado. O fato é que ter uma doença mental não significa que você é um alienígena na Terra. Isso é muito mais comum do que imaginamos – e existe uma pesquisa para provar isso!

Instagram é considerada a rede social mais nociva para a saúde mental

De acordo com pesquisadores do Journal of Abnormal Psychology, a maioria da população mundial terá alguma questão mental em algum momento da vida. De acordo com o pesquisador Aaron Reuben, NÃO TER uma doença mental é que será cada vez mais incomum.

Segundo dados divulgado pelo instituto, mais de 80% dos entrevistados afirmaram ter tido alguma questão envolvendo sua saúde mental em suas vidas. Somente 17% afirmaram ser totalmente saudáveis durante o tempo de pesquisa. Isso mostra que necessitar de um tratamento para cuidar de doenças mentais tem sido cada vez mais comum.

“O estudo mostra que passar por uma questão mental em algum momento da vida é mais comum do que ter diabetes, problema de coração ou algum tipo de câncer”, revela Aaron.

Assim como não devemos julgar quem procura tratamento para diabetes ou outras doenças, o mesmo deve acontecer com questões ligadas a saúde mental. Não importa se o tratamento envolve terapia, medicação ou qualquer outra coisa, nós devemos encorajar as pessoas a procurarem ajuda sempre.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close