Em menos de 24 horas, duas mulheres foram assediadas em ônibus na Avenida Paulista, em SP

Em menos de 24 horas, a Avenida Paulista, principal via da cidade de São Paulo, registrou dois casos de violência sexual contra a mulher dentro de ônibus. O primeiro aconteceu nesta terça, 29, onde um homem ejaculou em uma passageira. Encurralado por passageiros, ele acabou preso.

Nesta quarta, 30, uma jovem chamada Juliana, de 25 anos, também foi vítima de assédio dentro do transporte público. “Ele passou a mão em mim e quis parecer que eu estava louca”, contou ao G1. “Estava sentada ao lado dele. Ele começou a passar a mão no meu seio e eu comecei a me ligar. ‘Sai de perto, sai de perto!’ As mulheres ao redor também começaram a se revoltar.”

A polícia também foi chamada e o agressor foi detido. O motorista do ônibus chegou a trancar as portas do transporte para que ele não fugisse.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close