O sono – ou a falta dele! – é algo que pode se tornar um problema para algumas pessoas. A insônia é um dos mais comuns, atingindo cerca de 36% das pessoas no Brasil, segundo dados do Instituto do Sono. “A primeira coisa que temos que pensar é que insônia não é doença, é sintoma, ou seja, a insônia está pro paciente como uma tosse ou uma febre”, conta o Coordenador do laboratório do Sono,do Hospital Português, Francisco Hora, ao Tribuna da Bahia. “A insônia pode ser consequência de inúmeras doenças, naturalmente existem vários tipos dela. Existem as secundarias a ansiedade, a depressão, por estresse, por problemas orgânicos, entre outras. O mais importante hoje, não é tratar a falta de sono é descobrir o que está por trás para ai sim resolver o problema.”

5 dicas e truques para acabar de vez com as olheiras

O que você precisa saber para não deixar a sua máscara de cílios ressecar

5 passos básicos pra você remover a maquiagem corretamente

Uma dica importante para evitar o problema é procurar dormir e acordar todos os dias na mesma hora, inclusive nos finais de semana. Geralmente, a insônia é causada por problemas derivados da depressão ou ansiedade, portanto é recomendável tratar essas doenças com o acompanhamento psicológico.

Existem alguns truques que podem te ajudar e muito a vencer esse problema – sem se esquecer de consultar um médico se ele persistir, combinado? Dá uma olhada:

Exercícios físicos
Fazer academia ou praticar algum esporte pode te ajudar a gastar a energia acumulada. Práticas como o ioga também podem contribuir para uma linha mais zen, consequentemente te dando mais sono à noite. Tente exercícios em casa também, como o relaxamento e o de sentir a sua própria respiração.

Adeus, celular!
Se desconecte pelo menos uma hora antes de ir deitar. Mexer no celular ou no computador antes de dormir é uma grande cilada, já que deixa a sua cabeça mais ativa. Procure ler um livro ou uma revista, que tal?

Chá <3
Antes de ir dormir, faça um chá delícia de camomila ou maracujá. Eles não possuem cafeína e ainda agem como calmantes.

Dá pra compensar na noite seguinte?
Nope! Não existe essa de dormir pouco essa noite e compensar na seguinte. Sem descansar o suficiente, seu corpo vai sofrer consequências como cansaço, irritação, ansiedade e dificuldade em assimilar conceitos na escola ou no trabalho.

Quantas horas de sono eu preciso?
É importante saber que cada pessoa tem um ritmo biológico diferente da outra. O fato de que todo mundo precisa de oito horas de sono é mito. Lembre-se que o importa é a qualidade, não a quantidade.

Comments

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.