5 assuntos importantíssimos debatidos em “Coisa Mais Linda”, nova série brasileira da Netflix

A série Coisa Mais Linda, nova produção brasileira da Netflix, pode até parecer mais uma produção que mostre como era o País na década de 50, mas é muito mais do que isso: a trama aborda assuntos debatidos entre as mulheres da época que ecoam até os dias de hoje.

As protagonistas, interpretadas por Maria Casadevall, Mel Lisboa, Fernanda Vasconcellos e Pathy de Jesus, têm histórias diferentes, mas que retratam o cotidiano dos mais diversos tipos de mulheres. Malu (Casadevall) é de família rica, porém vê seu mundo virar de cabeça pra baixo quando seu marido some com seu dinheiro. É aí que ela acaba conhecendo as colegas e a história se desenrola.

Por aqui, a gente te mostra quais são os 5 principais temas debatidos em Coisa Mais Linda que merecem atenção:

Leia também:

Desigualdade racial
A personagem interpretada por Pathy de Jesus mostra o cotidiano de muitas mulheres dentro das favelas no Rio de Janeiro. Adélia é empregada doméstica e tem que lidar com o preconceito diário por ser mulher, favelada e negra. Apesar de sua origem humilde, ela se une com as colegas para enfrentar os paradigmas e espalhar por aí os ensinamentos do feminismo.

Diversidade sexual
Se, infelizmente, até os dias de hoje a questão da orientação sexual e identidade de gênero ainda é tabu para alguns grupos, imagina nos anos 50, né? Coisa Mais Linda mostra como a sociedade da época lidava com a bissexualidade ao mostrar a história da jornalista Thereza (Mel Lisboa), que se envolve com uma parceira de trabalho interpretada por Thaila Ayala. Apesar do romance não ser o foco da série, o beijo delas acontece de forma tão natural que é bonito de se ver.

Violência contra a mulher
A personagem Lígia (Fernanda Vasconcellos) abre mão de todos os seus desejos e vontades para acompanhar o marido em sua jornada política. O “bom moço”, na verdade, esconde uma personalidade machista e violenta, fazendo com que a esposa seja submissa à ele, além de agredi-lá constantemente.
Os desafios da maternidade
Adélia é uma moradora da favela que precisa dar conta do trabalho como empregada doméstica, dona de casa e ainda ser uma mãe presente para o seu filho. A protagonista Malu também se depara com o desafio de largar o filho para ir atrás de seus sonhos. Esses são alguns dos dilema envolvendo a maternidade que Coisa Mais Linda nos apresenta.

Aborto
A personagem de Ligia se depara com uma gravidez indesejada no exato momento em que ela decide sair em busca de seu sonho de ser cantora. Ela decide abrir mão da gestação e conta com o apoio de Malu – um filho naquele momento a impediria de ir atrás de seus sonhos.

Comments

comments

Leave a Reply
Your email address will not be published. *

Click on the background to close